Ir direto para menu de acessibilidade.

Sarampo mata. A vacina é a única maneira de prevenir a doença

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Ações e Programas
  4. >
  5. Vacinação
  6. >
  7. Capacitação
Início do conteúdo da página

GRIPE:QUEM DEVE SE VACINAR?

Capacitação

Escrito por Leonardo | Publicado: Sexta, 28 de Julho de 2017, 15h36 | Última atualização em Quinta, 17 de Agosto de 2017, 09h12

A contínua expansão do Programa Nacional de Imunizações – PNI – trouxe em seu bojo um aumento considerável do volume de imunobiológicos que merecem uma atenção no que se refere aos cuidados com os produtos desde o momento no qual são recebidos do laboratório até quando são administrados no usuário do SUS. Este fluxo caracteriza-se por especificidades de natureza técnica e logística que devem estar no domínio dos responsáveis diretos por essa rede, bem como dos que fazem a coordenação do PNI nas diferentes instâncias.

Coloca-se, assim, como imprescindível a necessidade de atualização técnica contínua e com qualidade, de modo a cobrir a extensão do nosso país. A realidade atual, especialmente os avanços no tocante à tecnologia, coloca a educação a distância como forte aliada para que o PNI possibilite a atualização continuada, rápida e eficiente de um número representativo de profissionais que exercem suas funções junto ao SUS. Soma-se a essa demanda a publicação recente, por parte do PNI, de materiais normativos cuja utilização, como base para um processo de atualização técnica, será fundamental para a disseminação dessas novas orientações com a consequente incorporação na rotina das atividades.

Hoje, visando à atualização técnica dos profissionais que atuam em imunização como estratégia para aperfeiçoamento dos processos de trabalho e, por conseguinte, para a melhoria da qualidade no serviço de saúde, são ofertados três cursos de capacitação, em decorrência do Chamamento Público nº 05/2014 da Secretaria de Vigilância, cujos objetos referem-se às iniciativas educacionais aplicadas à Vigilância em Saúde, quais sejam:

  • Capacitação de profissionais vinculados a Rede de Frio;
  • Capacitação de profissionais sob a temática do sistema de informação que estejam vinculados ao programa de imunização;
  • Capacitação em Sala de Vacinação.
Fim do conteúdo da página