Ir direto para menu de acessibilidade.

Vacine-se

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Assessoria Internacional
  4. >
  5. Cooperação
Início do conteúdo da página

Assessoria de Assuntos Internacionais em Saúde

Cooperação

Escrito por Alessandra Bernardes | Publicado: Segunda, 22 de Maio de 2017, 13h29 | Última atualização em Segunda, 04 de Setembro de 2017, 10h51

Cooperação Técnica

A cooperação técnica internacional é importante ferramenta de desenvolvimento que tem como principal objetivo auxiliar um país a promover mudanças socioeconômicas estruturais por meio de ações de fortalecimento institucional.

Os programas implementados permitem transferir ou compartilhar conhecimentos e experiências por meio de capacitações humanas e institucionais, com intuito de alavancar o desenvolvimento social dos países beneficiados.

Os projetos de cooperação técnica geram benefícios importantes em diversos setores, como desenvolvimento social, gestão pública, meio ambiente, energia, agricultura, educação e saúde.

A cooperação técnica Sul-Sul refere-se àquela implementada pelo Brasil com outros países em desenvolvimento, por meio de compartilhamento de experiências e conhecimentos disponíveis.

A cooperação recebida do exterior refere-se àquela recebida de países desenvolvidos com o objetivo de contribuir significativamente para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

A Assessoria Internacional de Assuntos em Saúde (AISA), de forma coordenada com as áreas técnicas e instituições vinculadas ao Ministério da Saúde, tem cumprido papel fundamental em matéria de cooperação internacional, ao traçar diretrizes e estratégias, elaborar, negociar, monitorar e avaliar projetos estruturantes para os sistemas de saúde do Brasil e de outros países em desenvolvimento, em todo o mundo.

Alguns dos principais projetos em andamento na área de saúde envolvem, por exemplo, a instituição de Redes de Banco de Leite, o combate à doença falciforme e a cooperação trilateral Brasil-Cuba-Haiti para reconstrução do Haiti.

Cooperação Humanitária

Além da cooperação técnica, o Brasil também oferece cooperação humanitária a países vulneráveis ou em situação de emergência. O Ministério da Saúde estabelece relações de cooperação humanitária por meio de doação de medicamentos e demais insumos de saúde.

As ações humanitárias não privam dos brasileiros o direito ao acesso dos medicamentos, que são doados apenas se não fizeram falta a pacientes nacionais. Além do dever moral de auxiliar países e pessoas em situação de necessidades básicas de saúde, as ações de cooperação humanitária também reforçam o compromisso institucional que o Brasil tem com a cooperação internacional, princípio consagrado na Constituição brasileira. Como consequência, a projeção internacional do Brasil é fortalecida.

 

http://portalarquivos.saude.gov.br/images/png/2015/novembro/11/PROJETO-HAITI-BANNER-.png

 

Fim do conteúdo da página