Ir direto para menu de acessibilidade.

Vacinação

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Gestão do SUS
  4. >
  5. Articulação Interfederativa
  6. >
  7. Apoio Institucional do Ministério da Saúde
Início do conteúdo da página

Gestão do SUS

Apoio Institucional do Ministério da Saúde

Escrito por alexandreb.sousa | Publicado: Sexta, 30 de Junho de 2017, 12h08 | Última atualização em Sexta, 30 de Junho de 2017, 12h08

No final de 2016, o Ministério da Saúde criou a Seção de Apoio Institucional e Articulação Interfederativa nos Núcleos Estaduais do Ministério da Saúde (NEMS). Ao reestruturar os Núcleos, o Ministério da Saúde descentraliza a essas unidades o papel do Apoio Institucional a estados e a Conselhos de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS) para fins de implementação, monitoramento e avaliação das políticas, programas e ações de saúde. Dessa forma, a estratégia atual do Apoio Institucional visa a ampliar o escopo de atuação dos apoiadores – anteriormente restritos às especificidades de algumas áreas técnicas do MS – que, agora ligados aos NEMS, tem como foco principal a qualificação da gestão do Sistema.

Os objetivos específicos do Apoio Institucional são:

  • Acompanhar e contribuir no processo de regionalização, com ênfase no planejamento  ascendente e na gestão compartilhada;
  • Articular as agendas estratégicas do SUS com as singularidades dos contextos locais, contribuindo para a implementação das políticas pactuadas de forma tripartite;
  • Colaborar com a organização da rede regionalizada de saúde e a melhoria da qualidade da atenção;
  • Contribuir para a qualificação do processo de elaboração dos instrumentos de planejamento do SUS;
  • Estimular a implementação das políticas públicas governamentais de saúde de forma horizontal, superando a fragmentação das ações na gestão e na atenção à saúde;
  • Contribuir para qualificação dos processos de informação e comunicação em saúde.

A Seção de Apoio Institucional e Articulação Interfederativa dos núcleos estaduais está alinhada tecnicamente ao Departamento de Articulação Interfederativa (DAI) da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde.

 

Fim do conteúdo da página