Ir direto para menu de acessibilidade.

Doação de Leite Materno

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Gestão do SUS
  4. >
  5. Economia da Saúde
  6. >
  7. Alocação de Recursos
  8. >
  9. Núcleos de Apoio – NES
Início do conteúdo da página

Gestão do SUS

Núcleos de Apoio – NES

Escrito por André | Publicado: Terça, 22 de Agosto de 2017, 15h28 | Última atualização em Quinta, 29 de Novembro de 2018, 14h13

Os Núcleos de Economia da Saúde (NES) se constituem em pontos focais de disseminação das ações de Economia da Saúde nos estados e em municípios, com vistas a subsidiar os gestores locais no processo de tomada de decisão que proporcione o melhor uso dos recursos disponíveis.

O SUS deve ser financiado e gerenciado pelas três esferas de governo: União, estados e municípios. Diante da extensão territorial e pelo fato de possuirmos 26 estados, um Distrito Federal e 5.568 municípios, qualquer iniciativa empreendida pelo Ministério da Saúde, órgão responsável por fomentar a política nacional de saúde, deve ser realizada com capilaridade que permita a chegada das ações às diversas regiões do País.

Contar com o apoio das secretarias estaduais e municipais de saúde é sempre um passo fundamental nesse caminho e os NES desempenham importante papel na disseminação e aplicação do conhecimento em Economia da Saúde no âmbito regional e local.

Para que realizem suas ações a contento, torna-se necessário que estejam na estrutura organizacional das secretarias de estado da Saúde (SES) e das secretarias municipais de saúde (SMS) a fim de que possuam legitimidade e contem com estrutura física adequada e recursos humanos qualificados.

No âmbito nacional, a Coordenação-Geral de Economia da Saúde busca consolidar a rede de Núcleos Estaduais de Economia da Saúde, cujo propósito é oferecer subsídios para articulação entre a União e os estados nos assuntos de Economia da Saúde, bem como para contribuir com a institucionalização da Economia da Saúde no âmbito SUS.

registrado em:
Fim do conteúdo da página