Ir direto para menu de acessibilidade.

Vacine-se

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Agência Saúde
  6. >
  7. Ministro da Saúde cumpre agenda com o presidente Michel Temer, em Guaratinguetá
Início do conteúdo da página

Ministro da Saúde cumpre agenda com o presidente Michel Temer, em Guaratinguetá

Escrito por cristiane.carvalho | Publicado: Sexta, 14 de Setembro de 2018, 18h41 | Última atualização em Sexta, 14 de Setembro de 2018, 18h41

Gilberto Occhi acompanhoua  entrega de unidades habitacionais, que beneficia cerca  de 2 mil pessoas. Na cidade, ele também recebeu o título de cidadão guartinguetaense

O Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, esteve em Guaratinguetá (SP) nesta sexta-feira (14), onde participou de agenda do presidente da República Michel Temer. Juntos acompanharam a entrega de unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida. Cerca de 2 mil pessoas, membros de famílias com renda bruta de até R$ 4 mil, foram beneficiadas com as habitações construídas no Condomínio Residencial Flamboyant 1, 2 e 3. Gilberto Occhi participou, ainda, de solenidade na Câmara Municipal de Guaratinguetá onde recebeu o título de cidadão guaratinguetaense. O título foi concedido por serviços prestados ao município.

Em fevereiro de 2018, Guaratinguetá foi contemplada, por meio da Santa Casa de Misericórdia de Guaratinguetá no Plano de Expansão da Radioterapia do Ministério da Saúde. A unidade hospitalar vai receber um acelerador linear e construção da casamata - espaço destinado para a instalação do aparelho. A escolha para a inclusão veio após análise que constatou um déficit no serviço de radioterapia na região. Com isso, o hospital receberá investimento federal de R$ 8,3 milhões. O novo equipamento garantirá o atendimento de mil pacientes por ano. Atualmente, a unidade já oferta outros cuidados no tratamento contra o câncer como, cirurgias oncológicas e sessões de quimioterapia.

Guaratinguetá também recebeu R$ 203.180 do Ministério da Saúde em 2017 para atendimento de pacientes em diálise e hemodiálise. Os recursos custearam os procedimentos de Terapia Renal Substitutiva (TRS) e são referentes ao reajuste da Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPMEs).

 

Por Carolina Valadares, da Agência Saúde

Atendimento à imprensa

(61) 3315-3880 / 3587

Fim do conteúdo da página