Ir direto para menu de acessibilidade.

Movimento Vacina Brasil

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Agência Saúde
  6. >
  7. Hemobrás assina acordo para produção de Fator VIII Recombinante
Início do conteúdo da página

Hemobrás assina acordo para produção de Fator VIII Recombinante

Escrito por victor.araujo | Publicado: Quinta, 13 de Dezembro de 2018, 15h45 | Última atualização em Quinta, 13 de Dezembro de 2018, 16h18

Recurso será utilizado na reestruturação da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo do Fator VIII Recombinante, medicamento utilizado no tratamento de hemofílicos

A Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), estatal vinculada ao Ministério da Saúde, assinou acordo com a farmacêutica Shire, que reestrutura a Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) do Fator VIII Recombinante. A nova etapa da parceria garante um investimento na ordem de US$ 250 milhões que será revestido para as instalações da fábrica, localizada em Goiana (PE), e que deverá ser concluída nos próximos 4 anos.

Participaram da assinatura de reestruturação da PDP do Fator VIII Recombinante o presidente da Hemobrás, Oswaldo Castilho; o diretor de administração e finanças da estatal, Marcos Arraes, e o gerente-geral da Shire, Ricardo Ogawa. Para Castilho, o acordo firmado na última semana representa uma nova fase na história da empresa, permitindo a aceleração das obras de implantação da fábrica. “Após meses de negociações as nossas perspectivas futuras são de que os investimentos  sejam concluídos até 2022 e a fábrica entre em operação em 2023”, comemora Oswaldo Castilho.

A PDP, firmada entre a Hemobrás e a empresa Shire, está vigente desde 2012 e tem como objetivo transferir a tecnologia de produção do medicamento Fator VIII Recombinante para a estatal. Com isso, o Ministério da Saúde espera racionalizar o poder de compra do Estado, fomentar o desenvolvimento tecnológico e reduzir a dependência produtiva e tecnológica para atender as necessidades de saúde da população brasileira a curto, médio e longo prazo.

O fator de coagulação VIII Recombinante é obtido por meio de engenharia genética e considerado como o tratamento mais moderno para a hemofilia tipo A. Esses produtos são fundamentais para portadores de hemofilia, imunodeficiências primárias, cânceres, cirrose, queimaduras graves, crianças com Aids e pessoas em terapia intensiva. O Ministério da Saúde considera que com esses investimentos importantes soluções para o avanço da política de sangue do país estão sendo realizadas.

Com 70% das obras concluídas, a Hemobrás apresentou ano passado lucro líquido de R$ 172 milhões e distribuiu ao Ministério da Saúde um total de 145.099 medicamentos hemoderivados e 597.980.000 UI (unidade internacional) de medicamentos recombinantes. Este ano, de janeiro até dezembro, foram entregues 1030.417 frascos de Hemo8r, e 596.078.750 UI.

PDP

O Ministério da Saúde conta com 104 parcerias de desenvolvimento produtivo vigentes, envolvendo 18 laboratórios públicos, 28 parceiros privados e 21 internacionais. Essas PDPs têm como objetivo de proporcionar a transferência de tecnologias para a produção nacional de 93 medicamentos, cinco vacinas e seis produtos para a saúde estratégicos para o SUS. O prazo máximo para a conclusão do projeto, com a finalização da transferência de tecnologia, é de até 10 anos. Entre 2008 e 2018, é estimado que o uso de PDP tenha gerado economia de R$ 5,2 bilhões para o SUS. 

Da Assessoria de Imprensa da Hemobrás
(61) 3223-7098 

Atendimento - Ascom/Ministério da Saúde 
(61) 3315-3580 

Fim do conteúdo da página