Ir direto para menu de acessibilidade.
Situações Emergenciais em Saúde
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SAS
  6. >
  7. Conheça o Projeto Lean nas Emergências
Início do conteúdo da página

Conheça o Projeto Lean nas Emergências

Escrito por Gustavo Frasão | Publicado: Segunda, 17 de Setembro de 2018, 19h06 | Última atualização em Segunda, 17 de Setembro de 2018, 19h22

O Sistema Lean que pode ser traduzido como produção enxuta é uma metodologia japonesa que após a Segunda Guerra mundial chegou ao ocidente e foi utilizada em praticamente todos os setores produtivos. A partir da década de 90 houve uma adaptação para utilização na área da Saúde com impactos muito positivos.

Um dos indicadores utilizados para medir os resultados do projeto é o indicador de superlotação, chamado de NEDOCS (sigla em inglês para Escala de Superlotação do Departamento Nacional de Emergência) e mensura quesitos como tempo de passagem de pacientes pelas urgências, permanência no hospital, tempo de alta, entre outros.

Segundo Eduardo Crosara, diretor-geral do Hospital de Clínicas de Uberlândia (MG), a metodologia Lean pode ter sido inventada para a indústria, mas se tem uma área em que seus resultados são visíveis e aglutinadores é a saúde. “É uma ferramenta fantástica. O Lean nas Emergências é um projeto que envolve todas as áreas do hospital a partir da ‘porta-de-entrada’ do hospital até a saída do cliente. É um grande desafio e hoje não podemos viver mais sem essa metodologia”, explicou Crosara.

A implantação dessa iniciativa começou pela porta da emergência geral, identificando os tempos de atendimento e de maior fluxo. Foram alocados recursos humanos nos horários de maior fluxo de paciente na porta, agilizando assim o atendimento. Com o avanço do projeto será possível chegar a todas as áreas dos hospitais.

 

Por Bruna Bonelli, Comunicação SAS
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 2745 / 2351

Fim do conteúdo da página