Ir direto para menu de acessibilidade.
Saúde do Viajante
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SCTIE
  6. >
  7. Resultados de chamadas públicas em parceria com a Fundação Gates para brasileiros são divulgados
Início do conteúdo da página

Resultados de chamadas públicas em parceria com a Fundação Gates para brasileiros são divulgados

Escrito por Gustavo Frasão | Publicado: Quinta, 29 de Novembro de 2018, 11h05 | Última atualização em Quinta, 29 de Novembro de 2018, 15h55

Confira os 25 projetos selecionados dos editais Ciência de Dados para Melhorar a Saúde Materno-Infantil no Brasil e Novas Abordagens para Caracterizar a Prevalência de Resistência aos Antimicrobianos, provenientes da parceria entre a Fundação Bill e Melinda Gates, o CNPq e o Ministério da Saúde:

Edital Novas Abordagens para Caracterizar a Prevalência de Resistência aos Antimicrobianos

  1. Rastreando a evolução do Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) para descobrir importantes biomarcadores para caracterizar rapidamente os clones únicos de MRSA nas infecções hospitalares

Agnes Figueiredo, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  1. OneBR (One Health Brazilian Resistance): base genômica integrada para vigilância, diagnóstico, gerenciamento e tratamento da resistência antimicrobiana na interface humana-animal-ambiental

Nilton Lincopan, Universidade de São Paulo (USP)

  1. SMART-EP - Um Sistema de Inteligência Artificial para fortalecer a prescrição de antimicrobianos em um hospital infantil

Marcelo Pillonetto, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR)

  1. Inativação de plasmídeos por cevada etíope: Uma abordagem natural de alimentação para reduzir a resistência aos antimicrobianos mediada por plasmídeos

Bruno Penna, Universidade Federal Fluminense (UFF)

  1. Ciência de dados na tuberculose droga-resistente no Brasil

Rejane Pinheiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  1. Utilização de aptâmeros de DNA de baixo custo imobilizados em filtro de celulose para remover resíduos de antibióticos em efluentes

Tiago Antônio de Oliveira Mendes, Universidade Federal de Viçosa (UFV)

  1. Aplicação de tratamento de oxidação solar sustentável e de baixo custo para a prevenção da resistência microbiana em efluentes no Brasil

Camila Amaral, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

  1. Uso da ferramenta metagenômica para compreender o fluxo de bactérias e genes de resistência que circulam entre diferentes hospedeiros

Ana Cristina Gales, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

  1. Monitoramento da resistência aos antimicrobianos em uropatógenos da comunidade e sua relação com determinantes de resistência isolados em enterobactéria animal

Eliana Carolina Vespero, Universidade Estadual (UEL)

  1. Dinâmica da circulação de microrganismos resistentes aos antimicrobianos entre ambientes hospitalares e de criação animal

Thaís Sincero, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

  1. Engenheiros, farmacêuticos e químicos utilizando lodo granular aeróbio para remover antibióticos de efluentes hospitalares

Leonardo Moura, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Edital Ciência de Dados para Melhorar a Saúde Materno-Infantil no Brasil

  1. Novas recomendações sobre ganho de peso gestacional para o Sistema Único de Saúde (SUS)

Gilberto Kac, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  1. Dias potenciais de gravidez perdidos (DPGP): uma medida inovadora da idade gestacional para avaliar intervenções e resultados de saúde materno-infantil

Carmen Simone Grilo Diniz, Universidade de São Paulo (USP)

  1. Índice Município Amigo da Primeira Infância: avaliando o ambiente favorável para o desenvolvimento infantil na primeira infância em municípios brasileiros

Muriel Bauermann Gubert, Universidade de Brasília (UnB)

  1. Como e quando: os efeitos de renda e de assistência pré-natal em desfechos de saúde durante o nascimento

Cecilia Machado, Fundação Getúlio Vargas (FGV)

  1. Plataforma de apoio à decisão para políticas públicas de saúde gestacional baseada em técnicas de visualização de informações e machine learning

Tiago Jose de Carvalho, Instituto Federal de São Paulo (IFSP)

  1. Avaliar o impacto de intervenções hospitalares de aleitamento materno na saúde infantil

Cristiano Boccolini, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

  1. Análise espacial da cobertura vacinal de crianças e sua relação com características socioeconômicas e de saúde no Brasil

Carolina Barbieri, Universidade Católica de Santos (Unisantos)

  1. Ciência de dados para avaliar e guiar intervenções para melhorar os resultados perinatais: lições do programa Mãe Coruja

Jailson de Barros Correia, Secretaria de Saúde de Recife

  1. Influenza na gravidez e parto no semiárido brasileiro: o estudo INFLUEN-AS

Aldo Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC)

  1. Usando a coorte de 100 milhões de brasileiros para estabelecer limites críticos de poluição do ar para a saúde infantil no Brasil

Alexandra Brentani, Universidade de São Paulo (USP)

  1. Uso de infográfico interativo no Programa Mãe Coruja Pernambucana (PMCP) - Análise de indicadores para melhoria na qualidade da saúde materno-infantil

Judith Kelner, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

  1. Utilizando dados para estratificar risco de prematuridade no Brasil: inovações de machine learning para a atenção à saúde

Erika Barbara Abreu Fonseca Thomaz, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

  1. Utilizando Big Data com georreferenciamento para identificar relações causais entre doenças infecciosas e saúde infantil

Rudi Rocha, Fundação Getúlio Vargas (FGV)

  1. O impacto intergeracional de transferências de renda na saúde dos recém-nascidos

Andreza Lucas, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Por Nucom SCTIE
Atendimento à imprensa: (61) 3315.3580

Fim do conteúdo da página