Ir direto para menu de acessibilidade.
Saúde do Viajante
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. CASAIS: Ministério da Saúde quer aprimorar Casas de Apoio à Saúde Indígena
Início do conteúdo da página

CASAIS: Ministério da Saúde quer aprimorar Casas de Apoio à Saúde Indígena

Escrito por Leonardo | Publicado: Sexta, 12 de Setembro de 2014, 14h42 | Última atualização em Terça, 02 de Setembro de 2014, 14h39

Tempo de áudio - 02'42''

LOC/REPÓRTER: Além de atendimento e acompanhamento das equipes multidisciplinares de saúde indígena nas aldeias, os povos indígenas contam também com as Casais, Casas de Apoio à Saúde Indígena. Atualmente no Brasil existem cerca de 66 Casais, localizadas em municípios de referência dos distritos indígenas distribuídas em todo o país. Essas casas oferecem cuidados de saúde como: alojamento e alimentação para pacientes e acompanhantes, marcação de consultas, exames e internações hospitalares. O secretário especial de saúde indígena, do Ministério da Saúde, Antônio Alves, explica que quando o problema de saúde não é resolvido nas aldeias, o indígena é encaminhado para as Casais.

TEC/SONORA: secretário especial de saúde indígena do Ministério da Saúde - Antônio Alves

"Quando a nossa equipe encontra um indígena com uma doença, que essa equipe não consegue resolver lá na aldeia, com os medicamentos que nós temos, com os equipamentos que nós temos da atenção básica. Nós então transportamos esse indígena da aldeia para o município mais próximo, onde tem o tratamento para ele. Nesse local é onde fica a Casai. É uma casa de saúde indígena que tem cuidados de enfermagem. Por exemplo, O indígena jovem teve uma crise de apendicite, vem para a cidade, o levamos para o hospital, ele opera. Geralmente uma apendicite, um caso simples não complicado, 24horas depois ele tem alta. Só que a retirada dos pontos são dez dias depois. Então ele fica nessa Casai, tendo o cuidado de enfermagem. Retirou os pontos, está totalmente recuperado, nós devolvemos para a aldeia".  

LOC/REPÓRTER: O Presidente e coordenador do CONDISI, Conselho Distrital de Saúde Indígena, Gabriel Tapeba, afirma que as Casais, Casas de Apoio à Saúde Indígena são fundamentais no fornecimento qualificado do serviço de saúde indígena.

TEC/SONORA: Presidente e coordenador do CONDISI – Gabriel Tapeba

"Que ele venha dar um avanço maior. Eles recebem esses pacientes que vem da aldeia encaminha e retorna ele de novo para a aldeia. O nosso paciente indígena não fica solto dentro da cidade, ele tem uma referência que são as Casais. Então para a gente é muito importante sim, a criação e aprovação do instituto Nacional de Saúde Indígena".

LOC/REPÓRTER: As Casais, Casas de Apoio à Saúde Indígena devem ser ampliadas em todo o Brasil com a proposta recente do Ministério da Saúde de criação do Instituto Nacional de Saúde Indígena. A ideia do instituto é agilizar os processos administrativos e as contratações de profissionais. A iniciativa faz parte Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas definida pela Secretaria Especial de Saúde Indígena, do Ministério da Saúde. Para saber mais: www.saude.gov.br

Reportagem, Karina Chagas

 

 

Fim do conteúdo da página