Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas Notícias
  4. >
  5. Notícias SGEP
  6. >
  7. Agenda 2030 é assunto em roda de conversa em Manaus
Início do conteúdo da página
Doação de Sangue

Agenda 2030 é assunto em roda de conversa em Manaus

Escrito por Tatiana Teles | Publicado: Segunda, 04 de Junho de 2018, 17h06 | Última atualização em Segunda, 04 de Junho de 2018, 17h10

Atividade integra a programação da Rede Unida

Box Title
Foto: Tania Mello

Com o tema ‘Desafios da saúde para a Agenda 2030’, o Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (DAGEP/ SGEP /MS) realizou nessa sexta-feira, 1º de junho, roda de conversa durante o 13º Congresso Internacional da Rede Unida, na Universidade Federal do Amazonas, em Manaus/AM.

O instrumento norteador da conversa foi a publicação ‘Saúde Brasil 2017: uma análise da situação de saúde e os desafios para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável’, desenvolvida pela Secretaria de Vigilância em Saúde do MS.

A técnica do DAGEP, Dandara Baçã, afirma a importância de espaços como esse para o fomento das metas de saúde. “Temos que pensar de maneira estratégica: quais serão os próximos passos? Esse espaço é valioso para que possamos conhecer melhor, dialogar, refletir e encarar esses objetivos. Fortalecer essas parcerias na área da saúde para que as metas sejam atingidas daqui a 12 anos”, afirma. 

Profissionais, técnicos e pesquisadores da área de saúde se reuniram com o objetivo de apontar mudanças necessárias para alcançar as metas da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, no âmbito da saúde, e levantar possíveis caminhos para o futuro do Sistema Único de Saúde (SUS) daqui a esses 12 anos.

“É necessário que os usuários do SUS, em especial as pessoas em situação de vulnerabilidade, como população negra, LGBT, do campo, da floresta e das águas e em situação de rua, continuem cada vez mais incluídas nos processos de construção das políticas públicas de equidade em saúde, considerando assim suas especificidades e possíveis contribuições às gestões”, afirmou Jordano Silva Santos, usuário do SUS, em defesa da participação social em auxílio ao cumprimento das metas da Agenda 2030.

OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Em agosto de 2015, foram concluídas as negociações da Agenda 2030, que culminaram em documento ambicioso que propõe 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas correspondentes. Sendo que o objetivo três versa diretamente sobre a saúde e preconiza 13 submetas. Os ODS são o cerne da Agenda 2030 e sua implementação ocorrerá no período 2016-2030.

Confira a íntegra do documento da Agenda 2030, produzido pelo Ministério das Relações Exteriores

Acesse o ‘Saúde Brasil 2017'

CAPACITAÇÃO

Na ocasião, foram apresentados cursos focados nas Políticas de Promoção da Equidade em Saúde implementadas pelo DAGEP sobre as populações em situação de vulnerabilidade, em decorrência dos marcadores de raça/cor, etnia, gênero e modo de vida. As capacitações são voltadas para gestores, profissionais e trabalhadores de saúde, estudantes e demais interessados nos temas. Todos os cursos estão disponíveis na modalidade de ensino a distância, são autoinstrucionais e provém certificado aos concluintes. Os conteúdos são disponibilizados gratuitamente na plataforma da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS) e/ou do Ambiente Virtual de Aprendizagem do Sistema Único de Saúde (AVASUS).

Clique aqui para conferir as fotos

 

Por Caroline Oliveira, do Nucom SGEP
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página