Ir direto para menu de acessibilidade.

Doação de Leite Materno

    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SGTES
  6. >
  7. Ministério da Saúde e Conselho Federal de Odontologia se reúnem para discutir propostas de políticas públicas na área da saúde
Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde e Conselho Federal de Odontologia se reúnem para discutir propostas de políticas públicas na área da saúde

Escrito por Gustavo Frasão | Publicado: Quinta, 28 de Fevereiro de 2019, 11h12 | Última atualização em Quinta, 28 de Fevereiro de 2019, 11h16

A ampliação da participação dos profissionais odontólogos em equipes multiprofissionais foi um dos assuntos debatidos

Foto: Priscilla Klein / NUCOM SGTES

A fim de prosseguir com a agenda de reuniões em busca de ampliar o diálogo e estabelecer parcerias com entidades representativas dos profissionais da saúde, o Ministério da Saúde (MS) se reuniu, nesta quarta-feira (27), em Brasília (DF), com representantes do Conselho Federal de Odontologia (CFO) para, em conjunto, debater propostas de construção de políticas públicas de saúde multiprofissional.

Entre os assuntos em pauta esteve a ampliação da participação dos profissionais odontólogos em equipes multiprofissionais, tendo em vista a necessidade de suprir a demanda da Atenção Primária, especialmente, em locais de difícil acesso e extrema pobreza.

“É importante essa união entre o Ministério e os Conselhos para que possamos deliberar e compartilhar, de forma conjunta, medidas, ideias e projetos que ofereçam assistência de qualidade à população e reconheçam o valor dos profissionais das categorias do setor saúde. Estamos dispostos a abrir esse canal, e queremos que a SGTES seja o espaço comum para todas essas deliberações”, declarou a secretária da SGTES, Mayra Pinheiro.

Também entraram em debate a proposta de requalificar a formação dos profissionais da saúde, mediante mecanismos de avaliação das escolas, estabelecendo requisitos a serem cumpridos para o pleno funcionamento das instituições, além de estipular critérios regulatórios para abertura indiscriminada de cursos de Ensino à Distância (EAD).

Estiveram também presentes na reunião o diretor do Departamento de Gestão da Educação em Saúde (DEGES), Hélio Angotti; o presidente do CFO Juliano do Vale; o vice-presidente do CFO, Emersson Luiz Jorge e o tesoureiro do CFO, Luiz Evaristo Volpato.

SGTES

A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde é responsável por formular políticas públicas orientadoras da gestão, formação e qualificação dos trabalhadores e da regulação profissional na área da saúde no Brasil. Ademais, promover a integração dos setores de saúde e educação no sentido de fortalecer as instituições formadoras de profissionais atuantes na área, bem como integrar e aperfeiçoar a relação entre as gestões federal, estaduais e municipais do SUS, no que se refere aos planos de formação, qualificação e distribuição das ofertas de educação e trabalho na área de saúde.

CFO

A missão do CFO é a supervisão da ética odontológica em todo o território nacional, cabendo-lhe zelar e trabalhar pelo bom conceito da profissão e dos que a exercem legalmente. Para cumprir essa missão, o CFO legisla por meio de Atos Normativos, julga Processos Éticos e centraliza as informações sobre cursos de Especialização registrados e reconhecidos, bem como sobre o número de inscritos em todo o Brasil, entre Cirurgiões-Dentistas, Auxiliar de Saúde Bucal, Técnicos em Saúde Bucal, Técnicos em Prótese Dentária, Auxiliares de Prótese Dentária e Clínicas Odontológicas.

Por Priscilla Klein, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página