Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Saúde de A a Z
  4. >
  5. Salmonella
Início do conteúdo da página

Salmonella (Salmonelose): o que é, causas, tratamento, diagnóstico e prevenção

Escrito por Gustavo Frasão | Publicado: Quarta, 05 de Dezembro de 2018, 12h24 | Última atualização em Segunda, 10 de Dezembro de 2018, 15h54

O que é a infecção por Salmonella (Salmonelose)?

A Salmonella é uma bactéria que causa intoxicação alimentar, conhecida como Salmonel

ose. A forma mais comum da transmissão da doença é por meio da ingestão de alimentos contaminados e dos maus hábitos de higiene. A bactéria Salmonella atua sobre o intestino das pessoas, onde se multiplica e pode entrar na corrente sanguínea, atigindo outros órgãos de corpo e, em casos raros, podendo provocar graves infecções e até mesmo a morte da pessoa.

A maioria dos casos de Salmonelose apresenta sintomas típicos, como vômito e diarreia, e são curados após algumas semanas com os medicamentos e tratamentos adequados. A salmonella é uma das bactérias responsáveis pelas Doenças Diarreicas Agudas ou pelas Doenças Transmitidas por Alimentos.

A infecção intestinal causada pela salmonella é forte e perigosa, pois pode se espalhar rapidamente para outros órgãos, causando, por exemplo, a Febre Tifoide, que pode levar à morte.

IMPORTANTE: A Salmonelose (salmonella) pode provocar grave desidratação e, se não tratada adequadamente, uma das complicações é a morte do paciente. Apesar de serem raros, é fundamental iniciar o tratamento assim que surgirem os primeiros sintomas, principalmente reidratando o corpo com o consumo de bastante água.

Quais são os sintomas da Salmonella (Salmonelose)?

Os sintomas da infecção por Salmonella (Salmonelose) são semelhantes a outros problemas de gastrointerite, mas são confirmados por meio de exames de sangue e fezes, além da análise clínica do médico, conforme cada caso. 

Infecção por Salmonella (salmonelose): o que é, causas, tratamento, diagnóstico e prevenção

Os principais sinais e sintomas da Salmonella (Salmonelose) são:

  • Diarreia forte.

  • Vômitos.

  • Febre acima de 38º C.

  • Sangue nas fezes.

  • Dor abdominal.

  • Mal estar geral.

  • Cansaço.

  • Perda de apetite.

  • Calafrios.

Esses sintomas podem surgir até 10 dias após o consumo do alimento contaminado e costumam permanecer por cerca de 5 a 7 dias, até a completa recuperação do paciente. Apesar disso, os primeiros sintomas surgem, normalmente, entre 8h e 48h após o consumo do alimento contaminado ou contato com o aninal infectado. Os sintomas também variam de intensidade de acordo com a quantidade de alimento contaminado ingerido e o nível de contaminação do alimento.

IMPORTANTE: As infecções mais graves acontecem em pessoas idosas e em crianças, devido à sensibilidade do sistema imunológico. Pessoas com o sistema imunológico comprometido, como transplantados ou portadores da Aids/HIV, também podem apresentar quadros mais graves da infecção por Salmonella (Salmonelose).

Como ocorre a transmissão da Salmonella (Salmonelose)?

A Salmonella (Salmonelose) é uma bactéria que pode ser ingerida por meio de alimentos contaminados com fezes de animais, o que acontece, por exemplo, ao se comer um ovo mal cozido ou quando não se lava as mãos antes de cozinhar ou manipular alimentos. 

A bactéria é encontrada normalmente em animais como galinhas, porcos, répteis, anfíbios, vacas e até mesmo em animais domésticos, como cachorros e gatos. Dessa forma, qualquer alimento que venha desse animais ou que tenha entrado em contato com suas fezes, mesmo que pelas partículas do ar, são consideradas vias de transmissão da Salmonella (Salmonelose).

Outra forma de se contaminar ou transmitir a doença é por meio do consumo de água ou alimentos contaminados, como verduras, ovos, frutas, leite não pasteurizado e carne. A contaminação de Salmonella (Salmonelose) por carne ou ovo acontece quando estes alimentos estão crus, mal passados ou mal lavados.

>>Leia também: Higiene no preparo de alimentos evita contaminação por salmonella

Como é feito o diagnóstico da Salmonella (Salmonelose)?

Por se tratar de uma doença que apresenta sinais e sintomas semelhantes a de outras doenças diarreicas agudas ou de outras doenças transmitidas por alimentos, que normalmente atingem o sistema gástrico das pessoas, o diagnóstico mais seguro é feito por meio de exame de sangue e fezes, que comprovam a presença da bactéria Salmonella, causadora da doença Salmonelose.

Após a confirmação do diagnóstico, o médico pode indicar o tratamento mais adequado, conforme cada caso, podendo ser indicado o uso de antibióticos específicos, antieméticos e reposição de líquidos para evitar a desidratação, além de repouso. O exame de fezes é fundamental porque ajuda o médico a identificar a bactéria que está causando a gastroenterite, permitindo selecionar o melhor antibiótico para eliminar a bactéria.

Como é feito o tratamento da Salmonella (Salmonelose)?

Em geral, a intoxicação causada pela Salmonella (Salmonelose) não precisa de internação ou de outras intervenções médicas. Nestes casos, o tratamento é feito em casa, por meio de repouso, consumo de bastante água para manter hidratação e controlar os sintomas, além dos antibióticos e demais medicamentos receitados pelo profissional de saúde.

Em alguns casos a salmonelose (salmonella) pode causar uma grande desidratação, sendo necessária a reposição dos líquidos por meio de soro. Nessas situações, a internação é necessária, até mesmo para observação clínica da pessoa.

Normalmente não há necessidade de realização de tratamento específico, apenas nos casos em que a bactéria atinge a corrente sanguínea, causando sintomas mais graves, sendo recomendado o uso de antibióticos e tratamentos específicos, conforme cada caso.

A duração do tratamento depende dos órgãos atingidos da idade e condição de saúde dos pacientes, além da ocorrência de outros sintomas, como dor nas articulações, dificuldade em urinar, inflamação nos olhos e artrite. No entanto, se os sintomas persistirem por mais de três dias, é necessário procurar novamente o médico para outra avaliação, pois pode ser que a contaminação tenha sido maior e esteja evoluindo para formas mais graves da Salmonella (Salmonelose).

IMPORTANTE: Mulheres grávidas, crianças e idosos são mais sensíveis às infecções intestinais, incluindo a Salmonella (Salmonelose), e devem ser levados ao médico logo que os primeiros sintomas forem identificados para evitar maiores complicações.

Como prevenir a Salmonella (Salmonelose)?

A Salmonella (Salmonelose) pode ser prevenida por meio de condutas simples, principalmente fazendo manuseio correto dos alimentos.

  • Lave sempre as mãos, antes, durante e depois de manipular ou consumir alimentos.

  • Lave bem os alimentos antes de consumir, especialmente frutas e verduras.

  • A carne deve ser bem passada.

  • Os ovos devem ser bem cozidos.

  • Evite consumir alimentos em lanchonetes e restaurantes estranhos, não se sabe os hábitos de higiene desses locais.

registrado em:
Fim do conteúdo da página