Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Vigilância em Saúde
  4. >
  5. Vigilância Ambiental
  6. >
  7. Vigipeq
  8. >
  9. Contaminantes Químicos
  10. >
  11. Amianto
  12. >
  13. Pneumoconiose - Doenças relacionadas ao trabalho
Início do conteúdo da página

Vigilância em Saúde

Pneumoconiose - Doenças relacionadas ao trabalho

Escrito por Alessandra Bernardes | Publicado: Sexta, 25 de Agosto de 2017, 15h36 | Última atualização em Segunda, 28 de Agosto de 2017, 18h42

Pneumoconiose - Doenças relacionadas ao trabalho

No período de 2006 a 2014 (dados atualizados em 05/11/2014) foram notificados no SINAN, 1.223 casos de pneumoconiose relacionados a exposição ao amianto/asbesto. Segundo a tabela 3, 91% (1.115) foram notificados pelo estado de São Paulo, sendo 88% (1.070) no município de Campinas.

Tabela 3. Distribuição dos casos de pneumoconiose relacionados a exposição ao amianto/asbesto, segundo Unidade Federada, no período de 2006 a 2014, notificados no SINAN

UF Notificação

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

Total

Ignorado/Em Branco

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Rondônia

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Acre

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Amazonas

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Roraima

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Para

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Amapá

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Tocantins

0

1

0

0

1

1

0

0

0

3

Maranhão

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Piauí

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Ceara

0

0

0

0

1

0

0

0

1

2

Rio Grande do Norte

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Paraíba

0

0

0

0

1

0

0

0

2

3

Pernambuco

0

0

0

0

0

0

6

12

0

18

Alagoas

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Sergipe

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Bahia

0

4

2

0

0

2

0

1

0

9

Minas Gerais

0

1

1

0

4

6

2

2

2

18

Espírito Santo

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Rio de Janeiro

0

0

0

3

0

41

0

1

0

45

São Paulo

1

3

615

46

49

299

9

93

0

1.115

Paraná

0

0

0

0

0

1

3

2

0

6

Santa Catarina

0

0

1

0

0

0

0

0

0

1

Rio Grande do Sul

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Mato Grosso do Sul

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Mato Grosso

0

0

0

0

0

0

0

1

0

1

Goiás

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Distrito Federal

0

0

0

0

0

0

0

2

0

2

Total

1

9

619

49

56

350

20

114

5

1.223

Conforme tabela 4, 96% (1.177) dos casos são do sexo masculino, 98% (1.199) com idade acima de 40 anos, cuja ocupação principal (49%) foi trabalhador da elaboração de pré-fabricados (cimento amianto). Para 89% (1.094) a variável raça/cor não foi preenchida ou foi ignorada assim como para a variável escolaridade (89% - 1.082).

Quanto ao tempo de exposição ao agente de risco, 34% (23) estavam expostos há 1 ano ou mais (variando de 1 a 39 anos), sendo que 95% (1.163) alegaram haver ou ter havido outros casos de trabalhadores com a mesma doença no local de trabalho.

Quanto ao hábito de fumar, 3% (32) fumavam, 4% (46) eram ex-fumantes e para 87% (1.069) esta informação não foi preenchida ou foi ignorada. Quanto a evolução, 15% (186) tiveram incapacidade permanente parcial, 0,9% (11) foram a óbito por câncer relacionado ao trabalho e para 78% (953) esta informação não foi preenchida ou foi ignorada.

Tabela 4. Características dos casos de pneumoconiose relacionados ao trabalho com exposição ao amianto/asbesto, no período de 2006 a 2014, notificados no SINAN.

Característica

Nº de Indivíduos

 

 

 

Sexo

Masculino

Feminino

Total

%

%

 

1.177

96,24

46

3,76

1.223

Faixa Etária (anos)

 

 

 

 

 

>1 a 10

3

0,25

0

0,00

3

11 a 19

0

0,00

0

0,00

0

20 a 30

4

0,34

1

2,17

5

30 a 39

13

1,10

3

6,52

16

40 a 49

120

10,20

3

6,52

123

50 a 59

369

31,35

22

47,83

391

60 a 69

417

35,43

7

15,22

424

70 a 79

206

17,50

9

19,57

215

80 e+

45

3,82

1

2,17

46

Raça/Cor

 

 

 

 

 

Branca

74

6,29

3

6,52

77

Preta

15

1,27

2

4,35

17

Amarela

0

0,00

0

0,00

0

Parda

34

2,89

1

2,17

35

Indígena

0

0,00

0

0,00

0

IGN*

1.054

89,55

40

86,96

1.094

Escolaridade

 

 

 

 

 

Analfabeto

3

0,25

0

0,00

3

1ª a 4ª série incompleta do EF

32

2,72

6

13,04

38

4ª série completa do EF

29

2,46

2

4,35

31

5ª a 8ª série incompleta do EF

23

1,95

3

6,52

26

Ensino fundamental completo

12

1,02

1

2,17

13

Ensino médio incompleto

9

0,76

2

4,35

11

Ensino médio completo

11

0,93

0

0,00

11

Educação superior incompleta

1

0,08

0

0,00

1

Educação superior completa

1

0,08

0

0,00

1

Não se aplica

6

0,51

0

0,00

6

IGN*

1.050

89,21

32

69,57

1.082

Tempo de exposição

 

 

 

 

 

Hora

1

0,08

0

0,00

1

Dias

2

0,17

0

0,00

2

Mês

19

1,61

0

0,00

19

Ano

390

33,14

20

43,48

410

IGN*

765

65,00

26

56,52

791

Regime de tratamento

 

 

 

 

 

Hospitalar

20

1,70

0

0,00

20

Ambulatorial

854

72,56

41

89,13

895

IGN*

303

25,74

5

10,87

308

Hábito de fumar

 

 

 

 

 

Sim

31

2,63

1

2,17

32

Não

68

5,78

8

17,39

76

Ex-fumante

42

3,57

4

8,70

46

IGN*

1.036

88,02

33

71,74

1.069

Há ou houve outros trabalhadores

 

 

 

 

 

Sim

1.120

95,16

43

93,48

1.163

Não

7

0,59

0

0,00

7

IGN*

50

4,25

3

6,52

53

Evolução

 

 

 

 

 

Cura

0

0,00

0

0,00

0

Cura não confirmada

3

0,25

0

0,00

3

Incapacidade temporária

9

0,76

0

0,00

9

Incapacidade permanente parcial

177

15,04

9

19,57

186

Incapacidade permanente total

26

2,21

7

15,22

33

Óbito por doença relacionada ao trabalho

11

0,93

0

0,00

11

Óbito por outras causa

2

0,17

0

0,00

2

Outro

24

2,04

2

4,35

26

IGN*

925

78,59

28

60,87

953

Fonte: Sinan (BCO Nov2014) * IGN – Ignorado/Em branco

registrado em:
Fim do conteúdo da página